segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Ruídos na cabine

No final de 1987, quando eu comecei a voar o Airbus A-300, uma coisa me chamou a atenção nos comandantes: todos eles me pareciam neuróticos quando se queixavam do excesso de barulho dentro da cabine de comando. Eles pediam para eu deixar o volume dos rádios no mínimo possível e, percebendo que eu parecia achar aquilo um exagero, afirmavam que um dia, após muitos anos de trabalho dentro de um aviao, eu iria finalmente dar razão a eles. Eles tinham mais de 55 anos, e eu vinte e poucos.

Os anos se passaram e não é que, muito antes do que eu poderia supor, hoje o neurótico sou eu? É claro que não dá para eliminar os ruídos por completo, mas parte deles, principalmente quando ainda em solo, e possível diminuir bastante. O sistema de ar condicionado provoca muito ruído na cabine, e evidentemente não pode ser desligado em vôo, mas em solo, antes que os passageiros embarquem, e se a temperatura no interior do avião não estiver muito quente ou fria, desligando-o, reduz-se incrivelmente o barulho. Outra fonte de barulho na cabine de comando são as saídas de ar, conhecidas por “gasper”. A menos que esteja muito abafado, eu as fecho rapidinho!

Enquanto estamos estacionados no pátio, durante o processo de embarque ou desembarque dos passageiros, além de nos mantermos na escuta da empresa através do rádio-comunicação, também temos que ficar na escuta da torre de controle do aeroporto. Além disso, há também a necessidade de manter contato com o pessoal da manutenção, especialmente nos momentos em que a aeronave está sendo abastecida de combustível. Ao ficar ouvindo a manutenção, automaticamente estamos na escuta do interfone de comunicação dos comissários. Tem certos momentos que, sentado na cabine de comando, me sinto num manicômio, pois todos estão falando ao mesmo tempo! A manutenção pede para que seja confirmada a quantidade total de combustível a ser abastecida, a empresa nos fornece pelo rádio os dados da navegação para a etapa seguinte enquanto a torre pergunta se estamos prontos para anotar a autorização do plano de voo. Neste instante é possível ouvir o comissário efetuando um “speech” aos passageiros com as instruções para o período de reabastecimento, além da comunicação entre eles a respeito de material embarcado para o serviço de bordo. Com todo este “falatório” nos rádios, entra na cabine um despachante de voo com uma documentação de carga para que o comandante assine! É uma loucura!

Outro barulho que parece pequeno mas que ao longo do voo acaba incomodando é aquele gerado pelo vibrador do altímetro auxiliar. Além dos dois altímetros principais, um para cada piloto, há um reserva. Este reserva nem sempre é digital, portanto possui ponteiros. Para que o ponteiro não trave ou gire “aos trancos” há um pequeno vibrador embutido no altímetro que garante uma indicação precisa durante as subidas e descidas. Acontece que em alguns aviões, este vibrador, que parece um martelinho ou um pica-pau incansável, faz um barulho muito chato. Os pilotos devem suportar mais este ruído, mas a verdade é que muitos acabam por desligar este vibrador! Puxando um CB, ou circuit- breaker, que é uma espécie de fusível, o vibrador do altímetro é desligado. Sempre que o comandante decide por este procedimento, o copiloto dá aquele olhar de aprovação pela iniciativa. O ponteiro do altímetro reserva gira com alguns pulos, é verdade, mas em absoluto silêncio. Apesar de não afetar a segurança, este truque não deve ser feito, por isso se me perguntarem se eu já fiz, eu digo que nunca, aliás, eu adoro aquele “martelinho” nos meus ouvidos!

Quando as portas se fecham e o voo inicia, tudo vai melhorando. A manutenção já foi liberada, e em voo, além da freqüência dos órgãos de controle de tráfego, basta manter a escuta de uma segunda freqüência que por ser usada pelas aeronaves apenas em situações de emergência, quase não se ouve nada nela. Mesmo assim há bastante ruído na cabine. Barulho do ar condicionado e do próprio vento de encontro ao nariz do avião. Quanto mais veloz voamos, maior será o barulho. Aliás, minha mulher, que é comissária de bordo, comenta que durante o serviço de bordo, se o passageiro falar baixo, dificulta muito a comunicação. É imprescindível olhar para o rosto da pessoa, efetuando uma verdadeira leitura labial para compreender o passageiro. Ao assistir um vídeo gravado na cabine de comando ou na cabine de passageiros, percebe-se quão barulhentos são estes ambientes.

O sossego termina quando após o pouso estacionamos a aeronave para o desembarque. Novamente vem a manutenção, a empresa, o despachante e etc.

Aos que acham que eu estou neurótico (assim como eu achei que estavam os meus comandantes quando eu era mais jovem), e principalmente aos que estão começando na aviação, digo para poupar seus ouvidos e afirmo que um dia estarão todos como eu, procurando eliminar qualquer ruído desnecessário.


video

32 comentários:

  1. Caro comandante, mais uma vez, você está de parabéns pelo blog, e não sei se você costuma a fazer isso outras vezes, mas, postagens com videos, tornarão o blog ainda mais interessante de se ver... quando puder, não deixe-nos de brindar com outros videos...
    E só comentando, cbzinhos altos aqueles ali ein??

    Grande abraço e bons voos

    ResponderExcluir
  2. Muito legal este post como todos os outros , e o video mostra bem o barulho mesmo.

    Abraço cmte.

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante sua postagem. Porém o final com esse vídeo, além de esclarecer melhor, ficou de excelente conteúdo.

    Abraço

    Bons voos!

    ResponderExcluir
  4. Excelente post comandante, muito bom o video extremamente didatico!!!
    Barulho realmente tem em excesso na cabine,
    mais aquele altimetro reserva é mesmo o campeão!!
    Bom agora que conheço sua voz, quem sabe consiga reconhecer sua modulação durante minhas escutas, vai ser muito legal!!!
    Bons voos!!!

    ResponderExcluir
  5. Excelente Video, Alias Qual é o procedimento para vuar no cockpit com o comandante ?

    Obrigado

    ResponderExcluir
  6. Beto, o FOQA/MOQA não registra quando o CB é puxado? Gostaria se possível q vc fizesse um dia um post detalhado sobre estes sistemas e o cuidado dos pilotos para evitarem idas à portaria 3 rsrsrs. Abraços

    ResponderExcluir
  7. Beto gostaria de saber sua opinião diante da nova lei que permite que as empresas contratem tripulantes estrangeiros!
    Abrs

    ResponderExcluir
  8. Boa comandante, estou neste espirito no bandeirante, ja pedi pra remover os dois motores para ver se melhora :)
    Parabens pelo Blog

    ResponderExcluir
  9. Realmente Cmte, isso deve incomodar ao longo do tempo na profissão, eu estou na minha 3ª hora no C172 se não sei o que seria de mim sem os fones! hehe

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  10. Alexandre Venturine18 de janeiro de 2011 14:49

    Comandante, obrigado por nos trazer tantas informações do seu dia-a-dia. Não sou piloto profissional, mas sempre que vejo os vídeos do 737 em voo, acho que o som dos compensadores atuando deve irritar bastante os pilotos. Um abraço.

    ResponderExcluir
  11. Adorei o post. Estava ótimo sem a imagem, com o video ficou sensacional. Keep up the good job!

    ResponderExcluir
  12. Caro Anônimo, não sei direito quais são os "gatilhos" para o FOQA, por isso o jeito é andar, digo, voar na linha! Em caso de dúvida quanto a aproximação estabilizada, arremeta.

    Caro Metal, pelo pouco que sei desta proposta, sou absolutamente contra. Há pilotos suficientes formados ou para serem formados. Além disso há muitos pilotos brasileiros no exterior que estão loucos para voltar, bastando para isso, oferecerem melhores condiçõe$.

    Caro Alexandre Venturine, o estabilizador faz um barulho realmente, mas é só em determinados momentos, e quando ouvimos, é reconfortante saber que ele está trabalhando satisfatoriamente. É mais ou menos como ouvir o barulho do trem descendo, reconfortante.

    É isso.

    ResponderExcluir
  13. Sem dúvida esse vídeo me faz eleger esse como seu melhor post comandante. Muito obrigado por nos brindar com tantas informações, causos, histórias e agora esse vídeo, sem dúvida um presentão.

    Ah, esse garoto no jump é seu filho?

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  14. Caro Comandante, sempre que possível adicione vídeos como esse, muito bom !

    ResponderExcluir
  15. Poxa, muito bem vindo esse vídeo. O post que já estava bom, ficou perfeito. Muito legal!

    Quanto ao altímetro, realmente é bem barulhento.

    ResponderExcluir
  16. Eu me lembro quando voei pela primeira vez na vida. 1993, eu tinha dois anos, era um Breguinha da VASP.
    Entre Salvador e Natal houve bastante tempo para conhecer o Cockpit. Dizem que as boas lembraças nós nunca esquecemos... Não é que eu lembro do Cockpit nos mínimos detalhes?! A melhor parte que eu lembro é: O Lencinho Perfumado que se ganhava já dentro do avião e a simpatia da tripulação (Inclusive da Técnica).

    Hoje, alguns nem saem do Cockpit para dar as boas vindas aos passageiros no embarque. Isso até é compreensível, talvez estejam ocupados.
    Mas, existem alguns que realmente não querem nem saber do passageiro, voam por voar e levante as mãos para o céu se ouvir na cabine o "Tripulação, preparar para pouso".

    Eu já peguei dois voos em que a tripulação era tão apática que no final do voo eu os sugeri que fossem para alguma cia cargueira, ou mesmo que deixasem a profissão.

    Hoje, estou no início dos meus estudos de Piloto Privado - Sinceramente? Se tem um exemplo que eu vou seguir, é você. Você sabe como se comunicar, isso é importante hoje em dia. Ninguém gosta de voar em um avião que parece que não tem piloto.

    [...]

    E sempre bom ler essas histórias que você compartilha no Blog. São divertidas, curiosas e sempre dá saudade das épocas passadas.

    Abraço

    ResponderExcluir
  17. Comandante, bom dia!
    O post ficou perfeito com o recurso do vídeo para ilustrar o assunto em questão; bem didático!
    Parabéns!
    Abraço

    ResponderExcluir
  18. Boa tarde, Roberto Carvalho.

    Seu blog é sensacional! Gostaria que postasse algo sobre um tema que é tabu na aviação: o encontro com luzes estranhas, fenômenos atmosféricos inusitados e os famosos UFO's.

    Parabéns pelo sítio!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  19. Toamara que estes posts com vídeo se tornem comuns aqui no blog. Adorei a surpresa. Um abraço comandante e parabéns por essa obra de arte que é o seu blog.

    ResponderExcluir
  20. Comamndante, o senhor é tão legal!!!
    Não me canso de Parabenisa-lo pelo excelente blog, e agora com vídeo...nossa!!!
    Vai estragar de tão bom heim...hehehe!!

    Aguardo anciosamente o próximo post.

    ResponderExcluir
  21. Essa novidade do vídeo foi sensacional mesmo. Tomara que venham outros. Um abraço!

    ResponderExcluir
  22. Imagine voar dentro de um Bandeirante de malotes e ter que usar abafadores de ruído e "máscaras anti-mofo" ? O Bandeco é o grande campeão de barulho interno... nenhum outro avião ganha para ele. Agora o LET-410 está chegando perto.

    ResponderExcluir
  23. Cmte. tudo bem? Na minha cidade tenho um amigo aposentado da varig. O nome dele é João Carlos Delbin. O sr. o conheceu?

    ResponderExcluir
  24. Mariel Fonseca, o garoto é o meu filho.

    Bernard Pitanga, realmente há muitos pilotos que não gostam de se comunicar com os passageiros. Não gostam e não se importam com este tipo de coisa. E para falar a verdade, tem muitos pilotos que não sabem se comunicar, e aí, é melhor que fiquem calados. Uma pena, mas é assim mesmo.

    Anônimo, já escrevi sobre UFOs em out/2009 ( http://betocarva.blogspot.com/2009/10/olhando-para-o-ceu.html )

    Anônimo 2, não conheci este seu amigo, João Carlos Delbin.

    ResponderExcluir
  25. Gostei do fingimento perguntando pro cop.."sabe onde fica esse cb?"..hahaha.
    Em algumas empresas esse CB é até pintado de amarelo...porque sera? :P

    Abraços Beto.

    ResponderExcluir
  26. " Eu nem sei aonde fica esse CB! Eu nunca faço isso! Você sabe aonde fica o CB?" "Eu não faço a mínima ideia! Vamos procurar..." KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK ! MUITO BOM!

    ResponderExcluir
  27. Grande cmt Beto, seu filho com certeza vai seguir a carreira do pai, impossivel não vibrar com um video destes, assim que possivel nos brinde com mais um video comandante.

    Uma duvida que eu tenho quando na hora da rolagem escutamos barulhos sequenciais da roda dianteira batendo (nos olhos de gato da pista) kkkkk não sei o nome certo, percebemos tambem que a cabine de comando tem uma instabilidade ou seja sacode para um lado e para outro em determinados eventos, percebi em alguns videos de decolagem, turbulencia e pousos, isso é veridico ou impressão minha, um grande abraço comandante

    ResponderExcluir
  28. Aqui tem um video de um airbus da tam no solo de porto alegre onde podemos ver o que o comandante carvalho retrata com relação a permanencia no solo, com 3 minutos 56 segundos de video olhem o que o co-piloto fala quando o reporter pergunta para ele kkkkkkkkk, alem das rotinas excessivas em solo chegam muitas visitas na cabine de comando sendo amigos, pessoal da manutenção ou como chama nosso comandante ai do video (MANU) muito bacano o video, percebam que na hora de acionar a aeronave da um problema hidraulico...

    valeu

    chegada, push back

    http://www.youtube.com/watch?v=BV2Ejdjclm0

    Decolagem em Palegre

    http://www.youtube.com/watch?v=ob9FG2zTvZg

    Pouso em SBSP, este numero de voo é o mesmo que caiu em SPSB 3054 tam

    e Pouso em SBSP, este numero de voo é o mesmo que caiu em SPSB 3054 tam

    ResponderExcluir
  29. Olá Cmte. Parabéns pelo post. Acompanho seu blog desde o ano passado. Sou despachante de voo (Agente de Aeroporto), da GOL, em BSB. Talvez já tenha despachado algum voo com o Sr. no Comando.
    Abraço e continue nos brindando com belas postagens.

    ResponderExcluir
  30. humm, barulhos, barulhos, como sou dj adoro sons e ruídos, semana passada vôei a bordo de 3 aeronaves da gol diferentes, de FLN para CGH, depois para BSB E DE BSB para THE. acho que o senhor estava de folga semana passada.

    ResponderExcluir
  31. Comandante poderia me dizer que bipe escutamos na cabine de passageiros quando aviao passa por tirbulencia..escitei voo em airbus 320 voo com muita turbulencia porrm nao era borulho antes comissarios falarem nem de chamada de comissario era bibs constantes.. tem video no you tube tentei coiar aqui pra mostrar porem nao consegui nome video turbulencia forte chuva voo tam recife para galeao..estou acostumado viajar ja fiz varios voos porem nao conheco esses bips queroa saber tem relacao com turbulência atv andre Araújo

    ResponderExcluir
  32. https://plus.google.com/100847126815202772875/posts/EfHKteKFovo
    Segue o link da pergunta anterior do barulho na cabine Andre

    ResponderExcluir